CABELOS & CIA nada mais é que um complemento diário para o seu bem estar. Aqui você tem tudo que é atual e necessário para um visual belíssimo.

segunda-feira

ACABOU COM O CABELO?

Acabou com o cabelo? Saiba como consertar

Nem sempre ir ao cabeleireiro é algo agradável e que vai fazer com que você se sinta mais bonita. Às vezes, os profissionais erram e você fica frustrada ao ver no espelho um resultado bem diferente do esperado. Nessas horas é difícil se encarar de frente e proferir a velha frase: "Não tem problema, cabelo cresce."Só o que a gente consegue sentir é um nó na garganta e o amargo gostinho do arrependimento. Mas tão velha quanto à frase acima, é a máxima de que para tudo tem um jeito. Dois profissionais renomados ensinam como consertar os principais erros que podem ser cometidos nas suas madeixas. Então, engula o choro e resolva o drama agora mesmo.A franja ficou curta. E agora?Algumas mulheres mais modernas e ousadas conseguem driblar com maior facilidade o fato de a franja ter ficado curta e não se incomodam em desfiar as pontas e cortar o cabelo também para harmonizar o visual. Mas, se você não pretende mexer no comprimento dos fios, uma solução prática e divertida são as famosas fivelinhas tic-tac, ou seja, mantenha a franja presa até que ela atinja novamente o comprimento ideal. Dependendo do tamanho que a franja ficou também é possível desfiar levemente e dar movimento de modo que possa ser usada na diagonal.O que fazer quando o repicado arma demais?Você entra no salão e pede o corte da moda, todo desfiado como o da Priscila Fantin. Só que no final das tesouradas o resultado é algo similar à juba de um leão. O cabeleireiro Wanderley Nunes, do Studio W de São Paulo, revela que dá para consertar um repicado armado com um corte em linha geométrica, o que ajuda a acalmar e dar mais peso aos fios.Outra solução apontada pelo especialista é fazer escova e usar produtos finalizadores para domar o volume. O cabeleireiro Nilo Leal, do salão Casa Mauro Freire de São Paulo, também aposta nas pontas desfiadas para diminuir o volume. Mas, caso os fios estejam curtos demais, é bom levar em consideração a idéia de fazer escova progressiva para não mexer no comprimento dos fios.Aderi ao curto, mas o cabelo ficou volumosoPara esse drama recomenda-se um bom relaxamento para domar os fios ou, então, um corte desfiado com navalha. Outra boa opção é o uso de finalizadores como pomadas cremosas que modelam os fios e fazem com que eles fiquem mais próximos da cabeça. O que fazer quando as luzes não param de clarear?Isso acontece geralmente quando o tempo de exposição à química foi maior do que o recomendado. Para consertar, além de evitar a exposição ao sol, é preciso lançar mão de xampus tonalizantes para recuperar a cor inicial. Como recuperar o volume perdido com o desfiado?Nesse caso, a solução é simples: diminuir o tamanho dos fios (caso estejam compridos) e moldá-los com mousse e produtos específicos para dar mais volume. Mas para que essa última tarefa dê certo, é essencial seguir corretamente a forma de aplicação. Então, anote: após lavar as madeixas, remova o excesso de umidade e espalhe um punhado de mousse (do tamanho de uma bola de tênis) em toda a cabeleira. Reduza o volume pela metade, caso tenha fios curtinhos. Em seguida, amasse bem os fios ao mesmo tempo em que seca com o difusor. Como consertar um degrade desigual?"Nesse caso o ideal é cortar novamente de forma a igualar as mechas", diz Wanderley. Já Nilo, faz uma brincadeira dizendo que nesse caso o cliente deve agradecer ao profissional. "Cabelo com um dégradé todo certinho não cai bem mesmo, está fora de moda, prefira as pontas desfiadas." Ou seja, dessa forma, o que vale mais mesmo é o seu bom senso - olhe-se no espelho e veja se é melhor cortar ou não.Quero dar um fim às pontas espigadasIsso é sinônimo de cabelos maltratados, com excesso de química ou ressecados pelo uso de secador e chapa. Se você não pretende cortar a parte ressecada já existem tratamentos que recuperam as pontas, um dos mais eficientes é a cauterização. Mas, o mais importante é prevenir o aparecimento das pontas espigadas com produtos e tratamentos que não deixam que o cabelo chegue neste estado. Hidratação constante é sempre bem-vinda.
Revista Cabelos & Cosméticos

Nenhum comentário:

Postar um comentário